Arquivo da categoria: Uncategorized

Imposto de Renda, Culpa de Napoleão.

Fonte: HotMoney


Os números de 2010 aqui no Livre Iniciativa Blog

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Este blog está em brasa!.

Números apetitosos

Imagem de destaque

Um navio de carga médio pode transportar cerca de 4.500 contentores. Este blog foi visitado 18,000 vezes em 2010. Se cada visita fosse um contentor, o seu blog enchia cerca de 4 navios.

Em 2010, escreveu 8 novo artigo, aumentando o arquivo total do seu blog para 38 artigos. Fez upload de 12 imagens, ocupando um total de 545kb. Isso equivale a cerca de uma imagem por mês.

O dia mais movimentado do ano foi dia 20 de maio com 139 visualizações. O post mais popular este dia foi A Piada de Albert Einstein.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram administradores.com.br, dihitt.com.br, twitter.com, orkut.com.br e sedentario.org

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por robert wadlow, einstein, superação, albert einstein e et

Atrações em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

A Piada de Albert Einstein abril, 2010
3 comentários

2

Prós e Contras da Fusão Sadia-Perdigão junho, 2009
17 comentários

3

Investindo em Ações maio, 2009
2 comentários

4

A Crise Segundo Albert Einstein março, 2009
21 comentários

5

1001 Sons abril, 2009
23 comentários

Que 2011 seja mais produtivo para todos nós.

Que venham muitos outros posts!!


Aprenda com o Mestre

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse a mão cheia de sal em um copo d’água e bebesse.
– Qual é o gosto? – perguntou o Mestre.
– Ruim. – disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:
– Beba um pouco dessa água. Enquanto a água corria no queixo do jovem, o Mestre perguntou:
– Qual é o gosto?
– Bom! – disse o rapaz.
– Você sente o gosto do sal? – perguntou o Mestre.
– Não, disse o jovem.
O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
– A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está à sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: é deixar de ser copo para tornar-se lago. Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos.


A Importância de um Mentor

Sempre achei a sinuca um jogo muito bonito e técnico. Trata-se de um esporte ao mesmo tempo acessível e marginalizado, justamente porque o material para a prática encontra-se em qualquer botequinho de esquina, onde bêbados cruzam seus braços sobre o balcão a espera da próxima cerveja.

Eu costumava jogar quando era mais jovem, mas depois que os compromissos da vida corporativa prevaleceram, passei somente a acompanhar a distância.

Um belo dia, um amigo de um amigo que era exímio jogador, me sugeriu colocar uma mesa em casa. Estava construindo uma área de lazer, e ele, me conseguiu uma mesa usada em excelente estado, que comprei e deixei guardada no depósito, esquecida, por um ano.

Quando a obra ficou pronta, montei a mesa, comprei as bolas e os tacos e comecei a jogar um pouco. Nem preciso dizer que este excelente jogador era quem vencia as partidas. Os efeitos, as jogadas mais técnicas e a diversão de ter amigos em casa, faziam com que minha vaidade ficasse de lado.

Praticamente um Rui Chapéu

Em 2008, tive a oportunidade de duelar com um senhor de uns setenta anos, que havia ganhado vários torneios quando mais jovem. Este prontamente me perguntou que mesa eu havia comprado, que bolas, tacos e que regras eu gostaria de jogar. Então pediu para que eu iniciasse a partida. Humilhação a vista! Lá ia eu perder para o velhinho.

Dei a saída, de forma que as bolas não se espalharam. Ele pacientemente colocou-as novamente no lugar e me disse: “Meu jovem. Quando der a primeira tacada, jogue a bola azul para a esquerda e posicione a branca para a direita”. Dei a tacada novamente e fiz como ele mandou. Começamos a jogar. Na verdade eu jogava, e ele observava.

Com seu olhar clínico, em pouco tempo notou quais eram meus erros de posicionamento, e começou a corrigi-los. Parecia magia. Com apenas algumas dicas, notei que as tacadas melhoraram muito. Tanto que em uma jogada específica, errei a bola e ele me disse: “Jovenzinho. Independente quem seja seu professor, quem esteja te ensinando, uma coisa não dá para aceitar. Você pode errar a jogada e o efeito! A bola jamais! Jamais!! Assim, como num jogo de xadrez, pense sua jogada antecipadamente, tenha calma e posicionamento”.

Seguindo suas recomendações, não errei mais a bola. E, a medida que íamos jogando, ele fazia suas observações. Fiz então uma analogia entre aquele simples jogo de sinuca e a vida corporativa.

Como seria benéfico se tivéssemos a supervisão de alguém mais experiente em nosso ambiente profissional, seja ele qual for. Alguém que tivesse bagagem, tendo passado por diversas etapas, enfrentado muitos “perrengues”, “engolido muitos sapos”, obtido muitas vitórias, alcançado muitos resultados, e que, ao mesmo tempo fosse acessível, não abrindo mão da humildade e honestidade com suas colocações.

Nossa performance seria consideravelmente melhorada, se um mentor nos ajudasse a encontrar e superar nossos pontos fracos. Com pequenos ajustes e sugerindo maneiras de superá-los, abriria novas perspectivas para nosso desenvolvimento.

O mentor nos mostra qual o caminho a percorrer.

Sei que posso melhorar muito meu jogo, tanto no campo esportivo, quanto no profissional. E você? Tem um mentor na sua vida corporativa ou vai correr o risco de ir para a caçapa?


100 Maneiras Para Ser Mais Criativo No Trabalho

  1. Pergunte às pessoas mais criativas no trabalho sobre suas idéias.
  2. Faça brainstormings diários com colegas de trabalho.
  3. Grave suas idéias em seu trajeto para o trabalho.
  4. Apresente seu desafio para uma criança.
  5. Leve sua equipe para fora do local de trabalho por um dia.
  6. Ouça a sua musa interior.
  7. Ouça música no seu local de trabalho.
  8. Enquanto caminha/pratica exercícios diários, pratique também o brainstorming.
  9. Peça a alguém para colaborar em seu projeto favorito.
  10. Se exercite durante sua pausa para o almoço.
  11. Ligue o rádio em horários aleatórios, fique atento as “mensagens”.
  12. Convide seus clientes para sessões de brainstorming.
  13. Pense em três outras maneiras de definir seu desafio.
  14. Lembre-se de seus sonhos.
  15. Recompense a si mesmo atingindo os pequenos sucessos.
  16. Introduzir algumas mudanças em sua rotina diária.
  17. Saia do escritório com mais regularidade.
  18. Tenha algo para se distrair no escritório quando estiver aborrecido.
  19. Tire mais cochilos.
  20. Peça ajuda. Seja humilde.
  21. Quando possível, leve o trabalho para Cafés.
  22. Transforme suas hipóteses em perguntas: “Como eu posso…?”
  23. Anote suas idéias. Todas elas.
  24. Redesenhe seu escritório. Mesmo que mentalmente.
  25. Tire um tempo para você mesmo para poder sonhar mais.
  26. Nestas pausas, faça brainstorming.
  27. Mude os trajetos que costuma percorrer.
  28. Chegue mais cedo que todos no trabalho.
  29. Seja otimista.
  30. Leia livros que não tem relação com seu trabalho, mas fazem você abrir a mente.
  31. Tenha tempo em sua agenda para o Ócio Criativo.
  32. Aprenda outro idioma.
  33. Mantenha um livro de anotações em sua mesa.
  34. Decore seu local de trabalho com citações inspiradoras.
  35. Crie um título do futuro e a história por trás dele.
  36. Escolha “ser mais criativo”.
  37. Lembre-se de um momento em sua vida quando você foi muito criativo.
  38. Visite mais livrarias, sebos…
  39. Confie mais em seus instintos.
  40. Mergulhe em seu projeto mais emocionante.
  41. Abra uma revista e associe uma palavra ou imagem a algo fora dela.
  42. Anote suas idéias logo pela manhã ao acordar.
  43. Pergunte-se: A solução mais simples é?
  44. Obtenha logo os feedbacks das pessoas que confia.
  45. Experimente mais. Ouse mais.
  46. Pergunte a si mesmo: O que o mercado quer ou precisa?
  47. Pergunte a si mesmo: O que pode acontecer de pior se eu falhar?
  48. Cresça junto com a sua idéia.
  49. Trabalhe duro onde é mais necessário.
  50. Vá dormir com as suas idéias.
  51. Teste os limites, várias e várias vezes.
  52. Reserve um tempo para passar com as pessoas mais espertas do seu trabalho.
  53. Visite seus clientes com mais frequência.
  54. Aproveite o que seus concorrentes tem de melhor.
  55. Busque inspiração em pessoas que fogem do senso comum.
  56. Seja curioso.
  57. Crie regras básicas com a sua equipe, favorecendo novas idéias.
  58. Faça a si mesmo perguntas estúpidas. Impossíveis.
  59. Crie desafios pessoais em tudo o que você faz.
  60. Dê a si mesmo um prazo. Cumpra-o.
  61. Procure três alternativas para cada solução que se origina.
  62. Anote suas idéias e releia regularmente.
  63. Faça conexões entre coisas aparentemente desconectadas.
  64. Use técnicas de pensamento criativo. Crie as suas técnicas.
  65. Jogue sudoku.
  66. Use metáforas para descrever suas idéias.
  67. Divirta-se mais. Seja mais estúpido que o habitual.
  68. Pergunte-se: Como eu posso realizar o meu objetivo na metade do tempo?
  69. Quando estiver preso a um problema, faça uma pausa.
  70. Pense como o seu maior herói poderia resolver este desafio.
  71. Procure um ou dois dias na semana não ler e-mails em determinado horário.
  72. Pergunte a três pessoas como elas melhorariam a sua idéia.
  73. Crie uma parede com imagens inspiradoras.
  74. Faça mais coisas que lhe ajudem a ser mais criativos fora do trabalho.
  75. Rir mais. Se preocupar menos.
  76. Lembre-se de seus sonhos. Anote-os.
  77. Jogue Xadrez.
  78. Procure eliminar as burocracias desnecessárias.
  79. Crie uma visão convincente do que você quer realizar.
  80. Tenha contato constante com os projetos mais “quentes”.
  81. Faça o que for necessário para criar um senso de urgência.
  82. Frequente mais teatros, cinemas. Veja boas peças, bons filmes.
  83. Meditar ou fazer exercícios de relaxamento.
  84. Tenha um animal de estimação.
  85. Saia para almoçar com sua equipe de trabalho e quando possível um happy hour.
  86. Conheça pessoas novas.
  87. Peça perdão mais do que pede permissão.
  88. Convide um facilitador externo para conduzir uma sessão de brainstorming.
  89. Pratique esportes de aventura, com adrenalina.
  90. Aprenda pelo menos uma coisa diferente todos os dias.
  91. Saiba que é possível fazer a diferença.
  92. Encontre um mentor.
  93. Reconheça todos os seus sucessos no final de cada dia.
  94. Criar um “cofrinho idéias” e fazer depósitos diários.
  95. Faça reuniões mais curtas e vá preparado para elas serem mais produtivas.
  96. Leia livros sobre criatividade.
  97. Não ouvir / assistir o noticiário por 24 horas. Você tem que absorver informação, mas também tem que criar.
  98. Faça desenhos de suas idéias.
  99. Conheça novas culturas.
  100. Divida suas idéias em partes. Dê um passo de cada vez.
  101. Postar esta lista em um local visível para ler diariamente.

Adaptado de: Blogging Innovation

Músicas ouvidas durante o post: The RaveonettesAttack of the Ghost Riders; Veronica Fever; Do You Believe Her; Chains; Cops On Our Tail; My Tornado; Beat City; Evil La Girls; Let´s Rave On; Noise Summer; Chain Gang Of Love; That Great Love Song; Wanna Dance; Remember; Dirty Eyes; Heartbreak Stroll; Little Animals; Untamed Girls; The Truth About Johnny; New York Was Great. (Destaque para todas).


Você Faz a Diferença?

O que cinema e música tem em comum? Muitas coisas você pode dizer. Uma música pode ser contada através de um curta metragem, tornando-a mais inesquecível como é o caso do clip Take On Me – A-ha.

Da mesma forma que a trilha sonora dos filmes é muito importante para compor toda a trama. Ambos caminham juntos.

O Filme Avatar custou 13 anos para ficar pronto. Toda esta espera para atingir algo nunca antes visto no cinema, segundo o diretor Cameron.
Chinese Democracy, o tão esperado disco do Guns sofreu o mesmo processo, foram longos anos em busca da perfeição.
O que eles buscaram em comum?

Fazer a diferença.

Com a entrega do Oscar 2010 todos esperavam que Avatar levaria várias estatuetas, incluindo a de melhor filme, o que não aconteceu. Da mesma forma, o CD do Guns recebeu muitas críticas por não ser a tão aclamada obra prima do rock.
Eu provei das duas fontes e digo que são excelentes trabalhos, porém não os considero os melhores, não entram no meu top 10. Ambos possuem seus pontos altos, e suas chatices.
Cameron é considerado o diretor que arrasta multidões aos cinemas, gerando lucro para indústria cinematográfica (havia feito o mesmo com Titanic, mais de uma década atrás). Axel Rose e seu Guns já venderam mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo, sendo uma das mais famosas bandas de rock de toda a história da música. São casos que atingiram o sucesso em algum determinado momento, porém não conseguiram manter este sucesso por todo o sempre.

Seth Godin num recente post em seu blog fala exatamente sobre o tema, o que cabe como uma luva em nossas vidas de meros mortais.

Você não consegue se manter no topo o tempo todo, fazer a diferença o tempo todo. Ninguém consegue ser um Rockstar, superstar, viver uma boa fase eternamente.

Porém existe algo que você pode fazer. Faça a diferença em apenas 5 minutos, todos os dias.

5 minutos para escrever um post em seu blog que transmita uma mensagem que agregue algo legal para as pessoas, que vai dar aquele estalo. -Opa, preciso mudar isso aqui em minha vida.

5 minutos para um ato de generosidade.

5 minutos para levantar o astral de uma pessoa que está passando por maus momentos.

5 minutos para ensinar algo, ou dar um outro ponto de vista.

5 minutos para dizer verdades, ou ouvir verdades.

Não faça a diferença o dia todo. Seja a diferença em apenas 5 minutos todos os dias, realizando algo excepcional, algo realmente notável.

Se você o fizer por apenas 5 minutos, já será o suficiente e fará a diferença em sua vida e na vida de alguém.


Melhor Investimento

“Ponho meu dinheiro em caderneta de poupança. Para quem não entende de economia, é a melhor coisa. Agora, quem entende tem outros lugares para perder”. (Delfim Neto)


%d blogueiros gostam disto: