Arquivo da tag: produto importado

Made in Brazil

Neste último final de semana, fui conferir de perto no museu Oscar Niemeyer em Curitiba, o trabalho dos irmãos paulistanos Gustavo e Otávio Pandolfo, mais conhecidos no exterior como Ose Zhe’meeose. Esta é a forma da pronúncia de sua alcunha lá fora, sei que pode estar difícil identificar quem são, mas OSGEMEOS são bastante consagrados pela crítica no exterior, isso pode ter certeza. No Brasil, eles seriam somente uns grafiteiros que emporcalham a cidade com rabiscos nos muros, não fossem exposições em importantes galerias européias e norte-americanas. É engraçado, mas para um brasileiro ter reconhecimento, é preciso que a valorização venha de fora do país. 

Em São Paulo, sua própria cidade, OSGEMEOS tiveram trabalhos apagados. Já no exterior, na mesma época, foram convidados a pintar a fachada de um importante museu em Londres e um castelo medieval na Escócia. Algumas de suas obras são avaliadas em mais de 100 mil reais. Abaixo, algumas fotos da exposição no museu de Curitiba.

snv35566

snv35564

snv35572

snv35577

Troque o importado pelo nacional e salve um emprego!

Em tempos de crise econômica e milhares de cortes em postos de trabalho, se torna cada vez mais importante que os consumidores brasileiros, passem a substituir o produto importado pelo nacional. Esta seria uma maneira de evitar que a queda do consumo, leve ao aumento do desemprego. E não é muito difícil fazer isso, temos excelentes opções que vão do setor de alimentos, do vestuário a informática. Só para citar alguns exemplos, já tive o desprazer de experimentar uma geléia francesa de mais de 10 reais, que não chegava aos pés da Ritter que é fabricada no Rio Grande do Sul. Ou, este pc que utilizo da marca Positivo, fabricado aqui no Paraná, que cumpre bem as mesmas funções que um SONY VAIO. Não podemos deixar de citar as havaianas, que é um chinelo genuinamente brasileiro que todo mundo tem em casa.

Quando compramos um bem, seja ele importado ou nacional, este dinheiro movimenta a economia do seu país de origem. É uma reação em cadeia, movimentando o crescimento do parque industrial, incentivando o comércio interno, desenvolvendo um mercado sólido, mantendo o emprego dos trabalhadores e consequentemente, fazendo com que estes recebam um salário para uso no consumo. Eu como brasileiro, quero que isto ocorra aqui no meu país. Mas a existência de empresas gringas vendendo seus produtos por aqui, não é de todo o mal. O lado positivo da concorrência com importados é que, estes forçam o aprimoramento e o aumento da qualidade, tornando também os preços mais competitivos.    

Assim, tal qual devemos priorizar as empresas brasileiras, que nos trazem progresso, também temos que “enxergar” nossos talentosos artistas, muitas vezes marginalizados.

Seja nas artes, seja na economia, devemos sempre valorizar o produto nacional!

 

Músicas ouvidas durante o postCSS – Music is My Hot Hot Sex; Art Bitch; Let’s Make Love And Listen To Death From Above; Alala; Rat Is Dead (Rage); Let’s Reggae All Night; Left Behind; Beautiful Song; How I Became Paranoid; Move.  (Destaque para todas).

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: